Série A 2018: 20 clubes disputam o título da elite do futebol brasileiro

Com sistema de disputa por pontos corridos, o Brasileirão costuma render emoção até a última rodada, com pelo menos dois clubes brigando pelo troféu

Por Lucas Mota

Corinthians foi o campeão do Campeonato Brasileiro 2017 (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
 

A elite do futebol brasileiro está de volta! Vinte clubes - do Norte ao Sul do país - disputam o título da Série A 2018 (veja a tabela), em 38 rodadas divididas entre 14 de abril a 2 de dezembro.

Com sistema de disputa por pontos corridos, o Brasileirão costuma render emoção até a última rodada, com pelo menos dois clubes brigando pelo troféu. No ano passado, o campeão Corinthians teve uma arrancada surpreendente no 1° turno, mas foi pressionado no fim da competição pelo principal rival, o Palmeiras, que chega em 2018 com alto investimento e na lista dos favoritos.

Além do título, a 1ª divisão do Campeonato Brasileira rende classificações para os principais torneios disputados por clubes do país, como a Libertadores, a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana.

Para a Liberta, garantem vagas diretas as equipes que encerrarem a Série A dentro do G4. Já os times que ficarem na 5ª e 6ª colocações vão para a pré-Libertadores. O número de classificados pode para o torneio pode aumentar caso os campeões da Copa do Brasil, da Sul-Americana ou da própria Libertadores estejam dentro da zona classificatória.

Para a Sula 2019, entram do 7º ao 12º do Brasileirão, podendo aumentar assim como a zona da Libertadores. Os clubes que tiverem campanha para ficar no G8 disputa a Copa do Brasil a partir das oitavas de final.

As quatro piores campanhas resultam nos rebaixamentos dos clubes para a Série B de 2019.

Em 2018, Ceará, Internacional, América-MG e Paraná são as equipes que conquistaram o acesso para a Série A no ano passado.

Representante cearense: Ceará retorna à elite após seis anos

A meta do Alvinegro é permanecer na Série A por mais um ano

Por Lucas Mota

Arthur é um dos principais nomes e a esperança de gols do Ceará em 2018 (Foto: Julio Caesar/O POVO)
 

O Alvinegro de Porangabuçu volta a disputar à 1ª divisão do Campeonato Brasileiro após seis anos de ausência. O Ceará terminou na 3ª posição da Série B 2017 e carimbou o retorno à elite do futebol. O último período do Vovô na Série A ocorreu em 2010 e 2011.

A meta da equipe é permanecer na Série A por mais um ano. O próprio Robinson de Castro, presidente do clube, afirmou inúmeras vezes qual será o objetivo do Ceará na competição. Com investimento inferior a maioria dos times da 1ª divisão, o Alvinegro aposta na força do conjunto do elenco para fazer uma ótima campanha, assim como fez na temporada passada.

No primeiro trimestre da temporada, o Vovô disputou o Campeonato Cearense, a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil. No Estadual, o time do técnico Marcelo Chamusca conquistou seu 45º campeonato, enquanto no torneio nacional parou na 3ª fase em eliminação para o Atlético-PR nos pênaltis, no Castelão. No Nordestão, o Ceará passou a fase de grupos e vai encarar o CRB-AL nas quartas de final e ainda sonha com o título.

Neste início, jogadores da base mantida de 2017 seguem em alta, como o goleiro Everson e o volante Richardson. A equipe viu também o crescimento de produção dentro de campo do jovem Arthur, que faz uma temporada ainda melhor do que no ano passado, quando foi revelado para o futebol brasileiro. O atacante ganhou a posição do experiente Élton e é um dos artilheiros do Brasil, com 16 gols anotados.

Das 18 peças contratadas para começar o ano no Vovô, o meia-atacante Andrigo foi quem mais se destacou. Entretanto, após acordo entre Sport e Internacional, detentor do passe do atleta, o jogador deixou o Alvinegro rumo a Recife. Os reforços Juninho e Felipe Azevedo são titulares e começam a ter destaque no clube. 

Dirigente diz que Ceará vai surpreender na Série A

Marcelo Segurado também falou que o time mantém meta do título do Nordestão

(Foto: Evilázio Bezerra / O POVO)

 

Na comemoração do título do Campeonato Cearense, ainda no gramado do Castelão, em conversa exclusiva com o esportes O POVO, o executivo de futebol do Ceará, Marcelo Segurado, atribuiu a conquista ao planejamento do clube, que em paralelo disputou Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Com o início da Série A do Brasileiro marcado para sábado, 14, e a fase mata do Nordestão prevista para maio, o dirigente garantiu sequência do plano, prometendo briga pelo título do torneio regional e “primeira página” da classificação da competição nacional.

 

Em 83 dias de temporada, o Alvinegro entrou em campo 28 vezes (8 pelo Estadual, 6 pela Copa do Nordeste e 4 pela Copa do Brasil), ou seja, foi uma partida a cada três dias em média, incluindo viagens longas. A fórmula para aguentar o calendário foi ter um elenco grande. “Geralmente eu gosto de trabalhar com algo em torno de 28 atletas, mas nós estamos com 35 porque montamos duas equipes competitivas para se ter, ao final disso tudo, uma coesão e formar um grande elenco. Obviamente que a gente tá muito satisfeito porque as coisas estão caminhando dentro do planejamento e vamos continuar assim”, comentou Segurado.

 

O Estadual não era prioridade do Vovô, entretanto, mesmo utilizando time reserva em boa parte da competição, o Ceará sagrou-se campeão sem perder para o maior rival e com direito a maior pontuação geral no certame (39 a 37). Esse não é, porém, o único título que a diretoria quer em Porangabuçu neste ano. A taça da Copa do Nordeste, segundo Segurado, segue como meta do clube. “Nós temos como objetivo o título da Copa do Nordeste, vamos mentalizar isso e trabalhar muito para que a gente possa conseguir esse objetivo”, disse.

 

Entre os dez

 

Não é apenas no Nordestão que as ambições do Alvinegro são grandes. Marcelo Segurado diz que o Ceará vai entrar forte também na Série A e colocou uma meta ousada, uma vez que o presidente Robinson de Castro havia dito no começo da temporada que a ideia é apenas permanência no Campeonato Brasileiro. “Na Série A nós vamos surpreender e buscar estar na primeira página da tabela”, disse o executivo de futebol. Para isso, o Vovô precisa ser pelo menos o décimo colocado na classificação, o que renderia ao Vovô vaga na Copa Sul-Americana do ano seguinte.

 

A fórmula, para Segurado, é a mesma utilizada até aqui. “Tudo, obviamente, dentro do planejamento. não vamos fugir em momento algum do planejamento”, garante.

 

 

Vídeo

Ceará tem maior número de gols e de vitórias entre os clubes da Série A 2018

O time comandado por Marcelo Chamusca lidera três quesitos numéricos entre os times da elite do futebol brasileiro

Gols e comemorações não faltaram neste início de temporada (Foto: Julio Caesar/O POVO)
 

Apesar de não estar no radar dos favoritos do Brasileirão 2018, o Ceará chega em alta para a competição. Os números do clube do Porangabuçu impressionam neste início de temporada e batem os gigantes do futebol brasileiro, como Corinthians, Flamengo, Palmeiras, entre outros.

 

O time comandado por Marcelo Chamusca lidera três quesitos numéricos entre os clubes da Série A 2018. O Alvinegro é a equipe que mais marcou gols no momento, com 59 no total; que possui o maior saldo de gols, com 35; e que mais venceu com 18 triunfos. O levantamento é do site Futdados.

 

No ranking de gols marcados, o Vovô é seguido pelo Vitória, com 49, e o Vasco, com 38. No saldo, o Bahia (26), o Vitória (23) e o Palmeiras (26) são quem mais se aproximam do Alvinegro. Por último, em termo de triunfos, estão na cola do clube cearense o Vitória (15), o Palmeiras (14) e o Bahia (13).

 

Os altos números do Ceará são fruto da manutenção do elenco e do trabalho de Marcelo Chamusca. A equipe, em 2018, seguiu com o mesmo padrão tático do ano passado, quando conquistou o acesso, e obteve rápido entrosamento com as peças contratadas.

 

A maioria dos gols marcados sai do pé de Arthur, destaque do Ceará neste início de temporada. O jogador é o artilheiro do Brasil com 16 gols assinalados, mesma quantidade marcada por Gustavo, do Fortaleza.


Números do Ceará

 

Geral - 28 jogos: 18 vitórias, seis empates e quatro derrotas

Total de gols marcados: 59

Copa do Brasil - quatro jogos: duas vitórias e dois empates; quatro gols

Campeonato Cearense - 18 jogos: 12 vitórias, três empates e três derrotas; 43 gols

Copa do Nordeste - seis jogos: quatro vitórias, um empate e uma derrota; 12 gols

Tabela e Classificação - Acesse e conheça o Adoro Futebol

Adoro Futebol acompanha os principais campeonatos do mundo. Veja como Ceará e Fortaleza estão no Brasileirão. (Foto: Tatiana Fortes / O POVO)

 

Para acompanhar a tabela e a classificação do Campeonato Brasileiro das Série A, B, C e D, o site Adoro Futebol apresenta diversas facilidades. Além da divisão da classificação em cores de acordo com título, vagas nas competições internacionais e rebaixamento, ao clicar no nome dos times é apresentada toda a tabela da competição para a equipe escolhida.

 

Além do Campeonato Brasileiro, o Adoro Futebol informa a classificação e tabela dos principais campeonatos do Brasil e do Mundo, além de disponibilizar arquivos com dados dos campeonatos anteiores, servindo como fonte segura de pesquisa.

 

Link direto para a Série A: http://adorofutebol.com.br/brasileiro-serie-a-2018/

Link direto para a Série B: http://adorofutebol.com.br/brasileiro-serie-b-2018/ 

Favoritos para conquistar o Brasileirão 2018

Campeão da Libertadores 2017, Grêmio está na lista de favoritos feita pelo O POVO (Foto: Lucas Uebel/Site Grêmio)
 

Corinthians, Flamengo, Palmeiras, Grêmio e Cruzeiro iniciam o Brasileirão 2018 como fortes candidatos ao título nacional. O favoritismo do quinteto passa pela junção de investimento, de elenco, do desempenho dentro de campo e da tradição. Entretanto, outros clubes têm condições de surpreender, principalmente pelo equilíbrio da competição.

Nos últimos dez anos, seis clubes foram campeões brasileiros. O Corinthians foi quem mais levantou a taça neste período, com três conquistas: 2017, 2015 e 2011. Na sequência, vêm o Cruzeiro e o Fluminense, ambos os times com dois campeonatos. A Raposa ficou com bi-campeonato em 2013 e 2014. O Tricolor das Laranjeiras foi o melhor nas edições de 2010 e 2012.

Completam a lista o Palmeiras, campeão em 2016, o Flamengo, em 2009, e o São Paulo, em 2008.

O Timão entra na Série A 2018 em busca do bi. Com o excelente trabalho de Fábio Carille no comando técnico e a manutenção da base do elenco do ano passado, o Corinthians vai forte para a disputa.

Com altos investimentos, o Palmeiras e o Flamengo têm os plantéis, pelo menos no papel, mais poderosos do Brasileirão. O Verdão se reforçou com dois dos principais jogadores do futebol nacional, os meias Gustavo Scarpa e Lucas Lima. Já o Mengão agitou o mercado com a contratação do artilheiro do campeonato passado, Henrique Dourado.

O Cruzeiro teve o melhor aproveitamento neste início de temporada, entre todos os clubes da Série A 2018, com 79,17%. A Raposa, do treinador Mano Menezes, vem embalada com o elenco entrosado na temporada passada, quando se tornou campeã da Copa do Brasil em cima do poderoso Flamengo.

Já o Grêmio, de Luan e companhia, perdeu peças importantes do elenco campeão da Libertadores 2017 e começou mal a temporada. Entretanto, o técnico Renato Gaúcho conseguiu encontrar alternativas para suprir as saídas e encaixar o time, que entra na competição motivado para quebrar o tabu de mais de 20 anos sem conquistar o Brasileirão.

Campeões na Série A 2018

Sete clubes iniciam a trajetória na Série A 2018 embalados pela conquista do Estadual em suas respectivas regiões. Dos 20 clubes da elite do futebol brasileiro, apenas o estado de Pernambuco não teve como campeão o time da 1ª divisão, no caso o Sport.

Veja abaixo a lista de campeões:

Campeão baiano: Bahia

Campeão carioca: Botafogo

Campeão cearense: Ceará

Campeão gaúcho: Grêmio

Campeão mineiro: Cruzeiro

Campeão paranaense: Atlético-PR

Campeão paulista: Corinthians